8 de março de 2013

Depoimento da Administradora Natália Monteiro


“Escolher Administração de Empresas foi uma decisão difícil, porque eu também me interessava por engenharia e por produção cultural. Acho que como a maioria dos estudantes estava um pouco perdida na época, mas analisei bastante o dia-a-dia das profissões e me identifiquei mais com administração. 

Na faculdade realmente descobri que tinha feito a escolha certa, já que ela te ajuda a ter uma visão geral de um negócio, te dá ferramentas para gerenciar, metodologias para analisar o consumidor e ainda te ajuda a entender o contexto no qual esse negócio está inserido. Minha experiência profissional começou como estagiária e foi bastante importante para entender como é o mundo dos negócios. Aos 23 anos decidi abrir a minha própria empresa, a Zuggi.

Antes de abrir minha empresa, a grande dificuldade que tive foi descobrir o que eu queria fazer. Sempre busquei algo que me realizasse e não consegui encontrar essa completa realização nas empresas onde trabalhei. Depois que abri a minha empresa, a busca por fazer o que gosto foi mais ativa. Hoje faço o que gosto todos os dias e sou muito feliz. Hoje apesar de realizada, o negócio em si ainda tem muito a se maturar, desenvolver e crescer, esses são os grandes desafios!

É preciso equilibrar a vida, organizar o seu dia-a-dia para não só se dedicar ao trabalho, mas também à saúde, aos amigos, à família, para que o estresse não domine tudo. Esse é um desafio que estou sempre aprendendo a vencer!

 Estando a frente de um negócio chamado de startup, ou seja, uma empresa de base tecnológica em busca de um modelo de negócio escalável que atua em um ambiente de extrema incerteza, o que mais me motiva é a busca do modelo de negócio escalável propriamente dito. Esse é o maior desafio e é o que me faz acordar e trabalhar todos os dias.

Pensar que eu posso inspirar outras pessoas a liderarem a sua própria vida, a buscarem o que gostam e a fazerem o que amam é muito positivo. Espero poder chegar a esse ponto algum dia.

Às jovens profissionais dou uma dica importante: experimentem! Não façam aquilo que todos fazem, não deixem o mercado te dar os caminhos da sua vida profissional, assumam a direção. São as experiências que você tem que te ajudam a assumir o controle e a direção da sua vida! 

Desejo que todas as mulheres sejam elas mesmas, que continuem despejando AMOR por todos os lados, mas primeiramente para elas mesmas, que usem a sua intuição sempre e que tenham coragem! 

Acredito que a maior luta é individual, de uma mulher com os seus próprios propósitos. Enquanto cada mulher não parar para fazer diferente do que as gerações anteriores, essa luta nunca vai ter fim.

Com o desenvolvimento do país, acredito que a profissão tem um futuro bastante promissor. De qualquer forma, o profissional de administração precisa estar sempre atualizado às novas tendências de gestão, se especializar em alguma das grandes áreas que envolvem a administração e não pode ficar parado.  

Acho que o importante, quando você está buscando o que fazer e o que gosta, é encontrar grupos de pessoas que têm as mesmas necessidades que você e que se realizam da mesma forma. Eu fui descobrindo meus caminhos profissionais a partir da convivência com outras pessoas com as quais eu me identificava mais e a partir das experiências que vivi junto com essas pessoas. Deixo essa dica para quem estiver nessa situação!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário