12 de agosto de 2013

Sete dicas para puxar conversa e fazer networking

Você participa de algum evento ou palestra e gostaria de aproveitar a oportunidade para ampliar sua rede de contatos e fazer o “famoso” networking. Para facilitar os profissionais com menos facilidade na “arte de puxar conversa”, o jornal O Globo separou sete dicas que facilitam a conversa e também a criação de oportunidades. Veja quais são: 

1) Dirija-se à mesa de comidas – Puxe assunto com a pessoa que está esperando na sua frente, use a comida como tema. “o que vou experimentar?”, “será que aquilo é bom?”. Então porque não fazer essas perguntas em voz alta para o colega na sua frente: “Tudo parece tão bom, você já sabe o que vai pegar?”, “Eu nunca provei isso, você sabe se é bom?” são algumas sugestões. 

2) Encontre um solitário – “Se vir alguém sozinho pelos cantos com um café ou drink na mão, não tenha medo de ir até lá e se apresentar. Geralmente essas pessoas precisam de um empurraõzinho na hora de socializar. Algumas dicas para quebrar o gelo: “Está tão cheio aqui, se importa se eu me juntar a você nesse lugar mais calmo?” ou ainda “Quanta gente! A comida deve estar muito boa”. Se a pessoa está sozinha, ela pode estar se sentindo insegura ou desconfortável. Talvez se você começar a conversa poderá deixá-la mais à vontade”. 

3) Faça elogios – “Todo mundo gosta de elogios e essa pode ser uma boa forma de começar um contato. Se está com dificuldades para conversar com alguém, encontre algo para elogiar. Pode ser o drink que ela está tomando (”Isso está com uma cara boa, o que é?”) ou os sapatos que ela está usando (”Adorei os seus sapatos, são de que loja?”)”. 

4) Fale sobre esportes – Procure grupos falando sobre o último jogo ou um profissional com capa de celular de time. 

5) Diga olá – “Apresente-se com um sorriso e com confiança que pode dar certo”. 

6) Mantenha o assunto – Encontre pontos em comum com o interlocutor. Para esse momento, as perguntas básicas são: “É a primeira vez que você vem em um evento desses?”, “Como você ficou sabendo do evento?”, “Não conhecia esse lugar, é muito bacana, você já esteve aqui antes?”. Perguntas sobre trabalho, claro, não podem ficar de lado: “Você é de qual área?”, “Qual é sua linha de trabalho?”, “O que é mais interessante na sua área de atuação?”. 

7) Não force a barra – “Saiba identificar também quando o assunto está morrendo e lembre-se que você deve circular para tentar conhecer o maior número possível de pessoas diferentes. Para sair de uma conversa, você pode falar que vai pegar algo para comer, chamar outra pessoa para apresentar a seu interlocutor e, claro, pedir o cartão da pessoa e entregar o seu para ela também, deixando claro que gostaria de manter o contato no futuro”. 

Fonte: O Globo





Nenhum comentário:

Postar um comentário