26 de setembro de 2013

Quatro apps para organizar compromissos

Há pouco tempo, o único acessório que auxiliava o empresário na marcação de reuniões e compromissos era a agenda, física ou eletrônica. Mas alguns aplicativos, com funções mais avançadas, já estão disponíveis para ajudar nessa tarefa. Com elas, é possível organizar ideias de acordo com o tipo de fornecedor ou cliente para otimizar um encontro de trabalho, encontrar tempo para marcar aquele almoço de negócios e gerenciar a própria equipe. Confira os quatro melhores aplicativos para auxiliar nos compromissos de trabalho:

Evernote - É uma boa ferramenta para organizar ideias e usá-las depois. Permite criar notas com nomes de pessoas específicas, lugares, assuntos, etc. Caso você tenha uma ideia sobre um produto para sua empresa, por exemplo, você pode anotar no bloco referente ao fornecedor e apresentar a ideia quando se encontrar com ele. É compatível com todas as plataformas. 

Free time – Este é um aplicativo de agenda, só que ao contrário. Ele reforça o tempo livre e permite que nas brechas você marque reuniões, almoços de negócios e outros compromissos (até de lazer, claro). Ideal para quem não consegue achar aquela meia hora livre na agenda. Está disponível para o sistema iOS da Apple. 

Wunderlist - Os recursos do aplicativo o tornam uma das melhores opções para organização de atividades. Com ele é possível determinar prazos, separar por listas e marcar favoritos. Tem versões para a Web, Mac e ainda para portáteis, iOS e Android. Pode ser integrado em todas as plataformas, garantindo o acesso às suas informações independentemente do dispositivo acessado. 

Flow – Este é um aplicativo para o gerenciamento de sua equipe. Os diferentes integrantes do grupo adicionam os seus colegas aos projetos que tocarão juntos, o que torna possível o trabalho colaborativo, sem precisar de incansáveis reuniões para isso. Compatível com Mac e Windows, possui app para aparelhos com iOS. O app é pago e tem versões a partir de US$ 19 ao mês. 

Fonte: Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios (PEGN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário