27 de dezembro de 2013

Meritocracia na educação

Você sabe a importância da “meritocracia”? Ou já parou pra refletir sobre o assunto? O presidente o CRA-RJ, Adm. Wagner Siqueira, traz uma contribuição para quem deseja compreender melhor esse tema e refletir sobre ele. 

O presidente do CRA-RJ explica que a meritocracia traz mais justiça, já que o reconhecimento do indivíduo não se dá pela cor da pele, origem familiar, ou outras questões semelhantes. Mas sim por sua contribuição no desenvolvimento social. Ao contrário da aristocracia, que dá privilégios a determinados segmentos de forma corporativa como, por exemplo, a determinadas profissões. 

Neste quesito de meritocracia, o Adm. Wagner Siqueira, explicou como aconteceria na área de educação, onde considera que os professores são muito mal remunerados, tanto na rede pública quanto na rede particular, e precisam ser mais valorizados. Ele ainda disse que não é contra a bandeira dos professores, quando dizem que todos são iguais na profissão, mas considera que há profissionais acima da média, que se destacam por sua contribuição efetiva na educação. Assim, estes que são melhores, merecem melhor reconhecimento, pois se não a categoria é vista como “gado”, ou seja, todo mundo se torna igual no sentindo de não valorização dos que se aplicam mais ao exercício profissional.

Siqueira também esclarece que o valor, em salário, para os professores deve ser calculado em três pilares: valor do cargo no mercado de trabalho; o valor do cargo na organização e o desempenho do indivíduo no cargo que exercesse. 

“Se não for assim, a gente vai tratar todo mundo igual, e aí não tem sentido se esforçar. A sociedade tem que ser dinâmica e dizer ‘viva a diferença’, pois a diferença deve ser proporcional ao mérito e à contribuição de cada um”, destacou. 

Se você se interessou pelo assunto e quer assistir o “Palavra do presidente” na íntegra, acesse site da TV CRA-RJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário