6 de fevereiro de 2014

Sustentabilidade e oportunidades de trabalho no Canadá

No XIII Fórum Internacional de Administração e IX Congresso Mundial de Administração, em Gramado (RS), o público assistiu a duas conferências internacionais sobre sustentabilidade e sobre oportunidades no Quebec (Canadá) para Administradores, ministradas respectivamente por Stéphane Lavoie e por Perla Haro Ruiz. A TV CRA-RJ conversou com os dois palestrantes a respeito dos assuntos de suas apresentações.

CRA-RJ: De que maneira a sustentabilidade pode ser trabalhada pelos Administradores no Brasil? 

Stéphane Lavoie: A sustentabilidade não pode ser colocada como objetiva, mas sim como forma de fazer as coisas. Os processos devem ser analisados e realizados de modo que não produzam impactos negativos na vida das outras pessoas, pelo contrário, inclusive algumas vezes até as incluindo dentro desses processos para ajudar a sociedade. É também uma questão de tempo, temos que saber que não é um retorno rápido, pois projetos sustentáveis são a longo prazo. 

CRA-RJ: Você acha que algum dos projetos notáveis apresentados durante o FIA/Mundial possa ser realizado no Brasil?

Stéphane Lavoie: Acho que a melhor forma de fazer isso seria colocar o governo de algum estado ou cidade junto com empresas privadas para ver qual seria o foco a melhorar e desenvolver algum projeto juntos para esse local específico. Os Administradores e as empresas culturais podem trabalhar juntos, porque qualquer empresa precisa desses profissionais, até porque o Administrador também almeja uma melhor qualidade de vida. Não precisa necessariamente que o projeto seja para uma cidade, pode ser até um bairro. Então, todos podem trabalhar juntos e com a mentalidade de que essa realização vá melhorar a vida de toda a sociedade, ou seja, uma visão menos financeira e mais humanista.

CRA-RJ: Existe um espaço de trabalho para os Administradores brasileiros no Quebec? 

Perla Haro Ruiz: Com certeza. O Quebec é uma província com uma política de imigração aberta. O Administrador já foi focado como um profissional que consegue se inserir sem problemas no mercado de trabalho, na sociedade, tem uma mobilidade profissional importante, pode atuar em qualquer uma das indústrias. Então o profissional que sabe falar francês, porque o Quebec é uma província francófona, tem todas as possibilidades de achar uma ótima oportunidade e aproveitar da qualidade de vida que o lugar oferece para essa profissão e para as famílias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário