23 de maio de 2015

Casos de sustentabilidade ao redor do mundo são discutidos em painel no MAM

No segundo dia de palestras no XIV FIA 2015, a Adm. Mara Biasi recebeu profissionais de quatro lugares do mundo para discutirem casos de sustentabilidade de sucesso. O painel lotou o auditório do MAM.

O primeiro a se apresentar foi o francês Jean-Nöel Durvy, diretor da Comissão Europeia, que falou sobre a importância de traçar metas e instrumentos que incentivem a política econômica.


Sustentabilidade 02“No mundo globalizado, em que o desempenho é obrigatório, é preciso ser virtuoso e colocar o triângulo mágico para funcionar: Investimentos, Reformas estruturais e Responsabilidade orçamentária”, citou.
A segunda palestra ficou por conta do arquiteto e urbanista marroquino, Fathallah Debbi, que mostrou o caso da cidade de Rabat, no Marrocos, que investiu forte em saneamento e estrutura para seus habitantes, através do plano comunal de desenvolvimento.
“Ao todo são seis fases que constituem o PCD: planificação  estratégica  participativa; diagnóstico participativo das instituições; visão  de desenvolvimento  e definição  de objetivos; elaboração  de um plano de ação; programação  orçamentária; e ferramentas de monitoramento  e avaliação”, falou.
A terceira explanação foi da coordenadora de Projetos de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente do Ibam, Karin Segala, que falou sobre a gestão compartilhada de resíduos sólidos entre Brasil e Paraguai, em uma fronteira com quase 16 mil quilômetros.

Sustentabilidade 03“Existe toda uma base técnica  necessária  para o correto fluxo dos resíduos, principalmente em áreas fronteiriças.  Além disso, é uma boa opção para retirar os catadores dos lixões, que poderiam trabalhar na coleta seletiva”, justificou.
Fechando a série de palestras, o professor Fernando López Parra apresentou a Cidade do Conhecimento, a segunda cidade planejada da América Latina, logo após Brasília, inaugurada em 1960.
“O Equador é um dos países que mais investe em bolsas de estudo. Com a Cidade do Conhecimento, iremos abrigar e incentivar os moradores e alunos à gestão da sustentabilidade e do crescimento sustentável, principalmente”, declarou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário