27 de julho de 2017

Administradores ganham destaque no mercado de facilities

Para desempenhar de forma produtiva e eficiente suas funções dentro de uma organização, um profissional necessita se sentir bem e estar usufruindo de ambiente agradável e de infraestrutura que atenda a sua demanda. Muitas dessas características são desafios de responsabilidade do profissional de Facility Management, segmento que desde os anos 90 ganha força no Brasil e atrai cada vez mais os Administradores.

Ligados ao gerenciamento de áreas operacionais, estruturais e administrativas prediais, como condomínios residenciais, empresas, indústrias e hospitais, o Gestor de Facilities é o responsável pelo funcionamento harmonioso de todo o ambiente, possibilitando que os demais profissionais possam usufruir de forma segura e eficaz de toda a infraestrutura. Fazem parte do escopo de um Gestor de Facilities desde o controle da manutenção da limpeza predial até o fornecimento de serviços de segurança e tecnologia em telecomunicações.

Segundo dados do ano passado da Associação Brasileiras de Facilities (Abrafac), o setor movimenta cerca de 100 bilhões de reais no Brasil, empregando aproximadamente 1,3 milhões de pessoas, com os Administradores compondo entre 30% e 33% da força de trabalho. Segundo o Adm. Edison Sanromã, coordenador do curso de pós-graduação em Gestão de Facilities da AVM – Universidade Candido Mendes e associado da Abrafac, as características de conhecimento do Administrador se enquadram dentro das necessidades do mercado de facilities, o que faz com que haja uma presença expressiva de profissionais no setor.


“O Administrador tem um potencial muito grande para gerenciar facilities, principalmente pela questão da visão de gestão e o olhar mais global de todos os assuntos. O Administrador que ocupa um cargo de Gestor de Facilities consegue liderar pessoas e fazer controle de uma série de atividades que tem dentro da área, seja de finanças, de recursos humanos e de outras questões. É um multidisciplinar que está muito focado dentro da Administração, principal viés do mercado de facilities”, afirmou Sanromã.


O profissional também destacou alguns dos desafios do mercado, citando a necessidade de haver uma expansão na quantidade de cursos referentes à Gestão de Facilities e também à conscientização de boards e stakeholdings de empresas sobre a utilização de tecnologia e investimentos na infraestrutura das organizações.

Confira uma entrevista completa com o Adm. Edison Sanromã sobre Gestão de Facilities e a atuação do Administrador no site CRA-RJ Play e na Rádio CRA-RJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário