5 de setembro de 2017

Combate ao boleto registrado obrigatório ganha reforço no Rio de Janeiro

Os Administradores Roberto Sales, deputado federal (PRB/RJ), e Márcio Rogério Soares, articulista político, foram recebidos pelo presidente do CRA-RJ, Adm. Jorge Humberto M. Sampaio, e pelo Adm. Leonardo Fuerth, superintendente do CRA-RJ, para uma reunião na sede do Conselho, na Tijuca, sobre ações ligadas à Administração no Estado do Rio de Janeiro. Além disso, foi discutida a iniciativa do Sistema CFA/CRAs no combate à obrigatoriedade do registro de boletos bancários.

O presidente do CRA-RJ se disse grato pela visita do deputado devido ao caráter de congratulações pelo mês de aniversário da Administração no Brasil, regulamentada em 9 de setembro de 1965, pela Lei 4.769.

“Foi um prazer poder conversar com o deputado sobre nossos projetos, intenções e objetivos voltados para a profissão. Dele, obtivemos o compromisso de que, como Administrador, vai se unir às nossas lutas no Rio de Janeiro, e também buscará, junto ao presidente Adm. Wagner Siqueira, do Conselho Federal de Administração, formas de interagir e de ajudar na disseminação da nossa profissão em todo o Brasil”, expôs.

Para o Adm. Roberto Sales, o Sistema CFA/CRAs se porta de forma excelente ao combater a obrigatoriedade dos boletos registrados, medida imposta pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e que vai prejudicar o consumidor final. Ele ainda chamou a atenção para a incoerência da Febraban tomar uma decisão que beneficia apenas os banqueiros, em detrimento do restante da população.

“Essa campanha do CFA e dos CRAs, com certeza, será fundamental para ampliar o debate e, de fato, resolver essa questão. Quem sabe, até mesmo regulamentar esse tipo de serviço nos bancos. Esse é um movimento de quem enxerga que será lesado e terá os seus serviços costumeiros prejudicados. Temos que combater a medida. Estou aqui, não como parlamentar, mas como cidadão para reagir a esse tipo de acontecimento”, defendeu Sales.

Manifestação na Cinelância

No dia 15 de setembro, às 10h, o CRA-RJ promoverá uma manifestação na Cinelândia, no Centro do Rio, alertando à população quanto aos impactos negativos da emissão obrigatória e irrestrita do boleto registrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário